Volta as aulas: o que não pode faltar na merenda da criança 07 ago 2017

As férias escolares acabaram. A rotina volta ao normal e com isso, a preocupação com a merenda escolar das crianças. Muitos pais se perguntam o que pode levar, o que é nutritivo e vai dar energia e o que evitar. É preciso elaborar algo prático e saudável na correria do dia-a-dia. Sabemos que não é tarefa fácil! Por isso, trouxemos algumas dicas para a lancheira escolar da criança.

O que não pode faltar?

É fundamental que a criança tenha vontade de comer alimentos saudáveis sem se sentir obrigada. Quando pensamos nos lanches sempre devemos colocar algo atrativo, com cores e que a criança goste de comer. O primeiro passo ao montar a merenda escolar é levar em consideração o período que a criança estuda e a refeição que ela fez antes de ir para a escola. É necessário adequar o lanche de acordo com a demanda de nutrientes para cada horário. O ideal é colocar na lancheira um produto de cada grupo alimentar:
1 fonte de proteína: pode ser um leite, queijo ou iogurte.
1 fruta ou legume: contém fontes de vitaminas, fibras e minerais.
1 carboidrato: ele fornece energia, como exemplo temos pães e cereais.
1 bebida: para manter a hidratação da criança como água, suco natural ou água de coco.
É válido lembrar que ao escolher as frutas devemos dar preferência para aquelas da estação. Elas possuem menos agrotóxicos e ainda ajudam a economizar, pois são mais baratas. Outra dica é comprar frutas com casca, ou que sejam fáceis da criança descascar, como a banana. A maioria delas perdem vitaminas e oxidam quando cortadas.
Ao preparar o suco natural, o ideal é que ele fosse feito na hora em que a criança estivesse saindo de casa. Mas na falta de tempo, uma dica é congelar o suco em forminhas de gelo, e no momento de organizar a merenda, colocar os cubinhos em uma garrafa térmica. Ele vai se descongelar aos poucos e na hora do lanche vai estar fresquinho para ser consumido.

O que evitar?

Para manter uma alimentação balanceada e adequada para a criança, evite alimentos industrializados, com muito açúcar e frituras. Sempre escolha alimentos como bolos, pães e biscoitos integrais e multigrãos, ao invés de bisnaguinhas, biscoitos recheados e salgadinhos. Esqueça os refrigerantes. Aposte em sucos naturais e água de coco. Produtos industrializados são ricos em gorduras, açúcares, conservantes e corantes e possuem pouquíssimo valor nutricional.