SUS passa a oferecer novo medicamento para Alzheimer 10 nov 2017

Nessa quinta-feira (9), o Ministério da Saúde incluiu o medicamento Memantina, no SUS. O remédio, aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é utilizado por pessoas que apresentam casos moderados e graves de Alzheimer. A inclusão foi oficializada em publicação no Diário Oficial.
O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que faz parte da vida de 33%  das pessoas com mais de 85 anos e compromete mais de 35 milhões de vidas em todo o mundo. As consequências da doença vai de diminuir habilidades cognitivas, como a memória e orientação no tempo e no espaço, a mudanças na personalidade e no comportamento, como reduzir a aptidão de realizar funções simples do cotidiano.
A memantina, é um medicamento indicado para os casos moderados e graves da doença. Não há indicação para os casos leves. Ela age impedindo a ação do excesso do glutamato nos neurônios e facilita a entrada do cálcio nas células neuronais, levando-os à morte. Nos casos graves, o remédio deve ser combinado com outro medicamento inibidor de colinesterase. Uma substância que diminui a ação de enzimas destruidoras do neurotransmissor atuante na memória.
Desde julho, a recomendação para incorporar o medicamento no SUS está sendo avaliada. No relatório que concluiu a aprovação, destaca o significativo efeito do remédio, influenciando favoravelmente a qualidade de vida dos doentes.

Previna-se

É possível reduzir o risco de desenvolver o Alzheimer com hábitos saudáveis. Confira a seguir quatro dicas importantes para uma vida cheia de saúde e prevenção.
1 – Mantenha sua mente ativa
Desenvolver novas habilidades, ler e estudar são atividades que estimulam o nosso cérebro e estabelece conexões entre os neurônios. Quanto maior a comunicação entre as células melhor. Segundo um estudo realizado pela Universidade Federal de São Paulo, o risco de Alzheimer é 19% maior para quem possui uma mente inativa.
2 – Durma bem
Sabemos que uma boa noite de sono é fundamental para manter o corpo e mente em ordem. O ideal é relaxar antes de ir para a cama, obtendo assim um repouso sem interrupções durante a noite.
3 – Pratique exercícios
As praticas de exercícios físicos englobam uma serie de benefícios.  Pesquisas apontam que  a atividade física libera neurotrofinas, uma substância que ajuda a preservar a  memória.
4 – Alimentação balanceada
Uma alimentação saudável é capaz de controlar e prevenir diversos tipos de males para a nossa saúde. Comer de forma equilibrada é muito importante. Frutas, verduras, cereais, peixes e azeite pode fazer parte do seu cotidiano e afastar doenças cardiovasculares e também o Alzheimer.