Projeto Arquitetônico da Unidade de Terapia Intensiva do HBJ é aprovado pelo Governode Minas 28 nov 2016

O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Diretoria de Infraestrutura Física da Secretaria de Estado de Saúde (DIEF/SES/MG), aprovou o Projeto Arquitetônico para a construção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Bom Jesus, em Congonhas. O prédio, anexo à instituição, contará com 10 leitos de Terapia Intensiva e terá um Centro de Imagens capaz de realizar serviços de Tomografia Computadorizada, Endoscopia, Mamografia, Eletrocardiografia, Ultrassonografia e Raio X. Segundo os diretores, a nova ala deverá ser inaugurada em 2018. Outra novidade será a ampliação do Bloco Cirúrgico, que terá quatro novas salas, além da área de utilidades.
No momento atual a administração do Hospital está elaborando o edital para contratação da construtora que irá executar a obra. Fabrício Dias, gerente administrativo da unidade, ressalta que o HBJ espera a aprovação do Projeto pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que por sua vez, aguardava o envio das pranchas assinadas pela SES/MG.
“Passando esta etapa, a expectativa é de que as obras se iniciem em 30 dias. A construção deste novo empreendimento trará benefícios significativos tanto para Congonhas como para a Região de Saúde a qual o município pertence, considerando o déficit de leitos de UTI existente na Região e o avanço assistencial em se ter Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) na estrutura hospitalar”, analisa o gestor.
O projeto de construção do anexo só foi possível por meio de Projeto de Lei, aprovado pela Câmara Municipal, que destinou R$ 5,2 milhões para custeio e execução das obras. As obras deverão começar em janeiro, “sem causar nenhum prejuízo à assistência”, afirma Tiago Lucas, diretor executivo do Instituto Laborare.