4 dicas para prevenir a infecção urinária durante a gestação 09 out 2017

A infecção urinária é mais comuns em mulheres. Geralmente, são infecções na bexiga ou na uretra. Porém podem se agravar e desenvolver infecções no rim. Seus sintomas giram em torno de dores na região pélvica, dor e sangramentos ao urinar. A infecção nos rins pode acarretar dores nas costas, náuseas, vômitos e febre. Por muitas vezes as infecções urinárias passam despercebidas e o corpo consegue combatê-la naturalmente, mas quando surgem sintomas de dor ou ardor ao urinar, por exemplo, é necessário procurar o médico e iniciar o tratamento adequado.
As infecções urinárias afetam até 10% das grávidas e exigem extrema cautela nessa fase, uma vez que estão entre uma das causas de parto prematuro. A gestação interfere na imunidade da mulher e provoca algumas alterações, como o útero pressionando a bexiga. Mulheres que tenham histórico de infecções prévias devem alertar os médicos no período da gestação para monitorar as bactérias na urina durante todo o pré-natal.
Ao ser diagnosticada com infecção urinaria a gestante deve iniciar o tratamento imediatamente de acordo com a prescrição médica. Existem antibióticos seguros para gestantes. Nos quadros assintomáticos, há ainda a opção de recorrer a suplementos de vitamina C, que deixam a urina e a região menos propícias à proliferação dos micro-organismos.

4 dicas de prevenção contra a infecção urinária durante a gestação

1 – Pré- natal em dia
É recomendado realizar o exame de urina ao menos três vezes durante o período da gestação.
2. Fale sobre o assunto
Se houver algum sintoma de infecção converse com o seu médico. Compartilhe se sentir ardência ou dor ao urinar para a realização de um exame e possível diagnóstico.
3. Beba bastante líquido
É de extrema importância manter uma dieta com líquidos. A hidratação é o melhor caminho da prevenção.
4. Alimentação saudável
Manter a alimentação saudável e equilibrada é uma das necessidades cotidianas para uma gestação leve e tranquila. Invista nas frutas cítricas e outras fontes de vitamina C. Esse nutriente torna a urina mais alcalina, algo desconfortável para bactérias.