Alimentação nas férias deve ser equilibrada 12 jul 2017

O período de férias tem sabor de liberdade! Parece que tudo é permitido, principalmente, abusar das guloseimas e exagerar nos petiscos. Geralmente, deixamos a água de lado e não abrimos mão de refrigerantes e bebidas alcoólicas. No entanto, é sempre bom ficar alerta com a qualidade e quantidade dos alimentos consumidos; o abuso do álcool; o excesso de comidas salgadas ou açucaradas e o aumento de peso.
Para assegurar a qualidade da alimentação e evitar riscos de infecções ou intoxicações, os alimentos devem ser corretamente higienizados, conservados e manipulados adequadamente. Por isso é importante ficar de olho nas condições de higiene dos locais escolhidos para as refeições.
Outra recomendação muito importante é beber água, um alimento indispensável ao funcionamento adequado do organismo humano e essencial à vida. Se for beber cerveja ou outras bebidas alcoólicas, seja moderado e não dirija.
Preparações muito gordurosas e produtos ultraprocessados (biscoitos recheados, salgadinhos de pacote, macarrão instantâneo…) devem ficar de lado, considerando que são nutricionalmente desbalanceados. Prefira sempre sucos de frutas, saladas verdes, verduras, carnes magras, frutas da estação e sopas de legumes para os dias mais frios.
No entanto, se a tentação for muita em comer uma comida diferente ou exótica, tenha prudência. Alguns alimentos “estranhos” ao nosso organismo podem provocar problemas intestinais, vômitos ou dores no estômago.
No mais, boas férias!