Alerta de tempo seco: cuidados com a saúde redobrados 14 ago 2017

Quem mora em Minas Gerais sofre com a umidade relativa do ar. Quando está baixa, ela causa o famoso tempo seco e diversos efeitos em nossa saúde. Sensação de areia nos olhos, garganta seca e dor de cabeça são os principais.
A Organização Mundial da Saúde(OMS) considera estável o nível acima de 60% de umidade. Nosso Estado vive com taxas variadas entre 12% e 20%, índice considerado prejudicial a saúde. Portanto, estamos em alerta máximo pela baixa umidade relativa do ar que vem apresentando quedas significativas nas últimas semanas.
Com o nível tão baixo é necessário que toda população tome alguns cuidados especiais para evitar danos a saúde.
A estratégia é umidificar os ambientes e espaços de convivência para prevenir os problemas respiratórios. Para quem não possui o umidificador, uma boa dica é colocar bacias de água e toalhas molhadas espalhadas pela casa. Contra o tempo seco, o ideal é ingerir muito líquido, sempre lavar os olhos com soro fisiológico, usar roupas leves, manter uma alimentação balanceada com frutas e verduras, além de usar sombrinhas, ou alguma proteção em dias mais quentes.
Os exercícios físicos ao ar livre precisam de um horário certo para serem praticados. É importante evita-los entre as 10hs e as 17hs, pois é quando há maior circulação de veículos, elevando a poluição do ar.
Pessoas que possuem doenças crônicas como sinusite, asma, bronquite e rinite tendem a sofrer crises com mais frequência nesse clima. Mantenha sua saúde em observação e procure um médico caso necessário.