Adeus jejum: restrição alimentar não é mais requisito para a realização de alguns exames de sangue 24 jul 2017

Ficar horas sem comer não é mais uma exigência para a realização de alguns exames de sangue. A mudança aconteceu depois de estudos apontarem que se alimentar antes dos exames, de forma habitual e sem exageros, não causam interferências nas análises dos testes de perfil lipídico do paciente. Ou seja, exames de sangue, como os triglicérides e colesterol  não tem mais como pré-requisito o jejum.
A liberação trouxe conforto, praticidade e menor risco de passar mal. Agora não é preciso fazer esses exames só pela manhã, o que causava sobrecarga de pessoas nos laboratórios. Com o fim do jejum é possível realizar os testes ao longo do dia. Benefício maior ainda para alguns grupos de pacientes, como gestantes, crianças, idosos e em especial diabéticos que por ficar um logo período sem se alimentar corriam risco de hipoglicemia.
Algumas análises laboratoriais continuam precisando da restrição alimentar. Confira quais exames precisam  e os que não precisam de jejum.

NÃO PRECISAM DE JEJUM PRECISAM DE JEJUM
Colesterol Total (CT)
LDL‐C
HDL‐C
NÃO‐HDL‐C
Triglicérides (TG)
Hemograma
Sódio, Potássio, Uréia, TGO, TGP – 3 horas
Glicemia – 8 horas
Curvas Glicêmicas e Insulínicas – 8 horas
Ferro, LH, T3, FSH e Coagulograma – 4 horas